Unizeb Glory

Fungicida protetor-multissítio com ação sistêmica.

Unizeb Glory é a verdadeira evolução no manejo da ferrugem na soja e da mancha-branca no milho.

Multissítio e sistêmico Diferentes modos de ação que impossibilitam a geração de resistência nas doenças.

Formulação WG Altamente dispersível, com calda homogênea, possui agentes penetrantes que aumentam a a eficácia da ação sistêmica.

Efeito Verde Agentes anti-stress que proporcionam lavouras mais saudáveis e plantas mais verdes.

Ficha técnica

Ingrediente AtivoAZOXISTROBINA e MANCOZEBE
ClasseFungicida sistêmico e de contato do grupo químico das Estrobirulinas (Azoxistrobina) e Alquilenobis (Ditiocarbamato) (Mancozebe)
Concentração50 gramas de Azoxistrobina/kg
700 gramas de Mancozebe/kg
Tipo de FormulaçãoGranulado Dispersível – WG
Classe ToxicológicaIII – Medianamente Tóxico (FAIXA AZUL)
EmbalagemSc 15kg

Indicações de uso

CulturaDoençaDoseVol. de CaldaNúmero, época, intervalo, e número max. de aplicação
ArrozBrusone
(Pyricularia grisea)
1,5 a 2,0 kg/ha100-200 L/haIniciar as aplicações preventivamente no
estádio final do emborrachamento com até 5%
das panículas emitidas. Repetir a aplicação em
intervalos de 10 dias. Utilizar a maior dose em
condições muito favoráveis ao desenvolvimento
da doença. Realizar no máximo de 3 aplicações
durante o ciclo da cultura.
ArrozMancha-parda
(Bipolaris oryzae)
1,5 a 2,0 kg/ha100-200 L/haRealizar a 1ª aplicação de forma preventiva até
a fase de folha-bandeira expandida. Reaplicar
se necessário em intervalos de 10 dias. Utilizar
a maior dose em condições muito favoráveis ao
desenvolvimento da doença. Realizar no
máximo de 3 aplicações durante o ciclo da
cultura.
BatataMancha-de-alternaria ou
Pinta-preta
(Alternaria solani)
2,0 kg/ha100-200 L/haIniciar as aplicações preventivamente durante a
fase de desenvolvimento vegetativo,
aproximadamente 30 dias após a emergência,
no fechamento da cultura, reaplicando a cada 7
dias. Alternar a aplicação com fungicidas de
outros grupos químicos. Realizar no máximo 6
aplicações durante o ciclo da cultura.
FeijãoMancha-angular
(Phaeoisariopsis
griseola)
1,5 a 2,0 kg/ha100-300 L/haIniciar as aplicações preventivamente, antes do
florescimento, reaplicando se necessário a cada
10 dias. Utilizar a maior dose em condições
muito favoráveis ao desenvolvimento da
doença. Alternar a aplicação com fungicidas de
outros grupos químicos. Realizar no máximo 4
aplicações durante o ciclo da cultura.
MilhoMancha de Phaeosphaeria ou Mancha-branca (Phaeosphaeria maydis)1,5 a 2,0 kg/ha100-300 L/haAplicar de forma preventiva aos 40-50 dias
após o plantio (observar o desenvolvimento da
cultura, em função da precocidade do material
utilizado), reaplicando-se com intervalo de 10
dias a fim de cobrir adequadamente o período
de maior susceptibilidade. Realizar no máximo
3 aplicações durante o ciclo da cultura.
SojaFerrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi)2,0 kg/ha200 L/haIniciar as aplicações a partir do estádio
fenológico V8 a R1 (cultivares de ciclo
determinado) ou entre 30 e 35 dias após a
emergência da cultura (cultivares de ciclo
indeterminado) realizando no mínimo 2
pulverizações. Fazer as reaplicações em
intervalos de 7 - 14 dias. A escolha do
intervalo, deve ser baseada no monitoramento
da lavoura e o acompanhamento da evolução
da doença na região, diminuir o intervalo, de
acordo com o acompanhamento da evolução da
doença na lavoura e na região. Realizar no
máximo 3 aplicações durante o ciclo da cultura.
SojaMancha-alvo
(Corynespora cassiicola)
1,5 a 2,0 kg/ha100-300 L/haIniciar as aplicações a partir do estádio R4
(florescimento pleno) ou no momento mais adequado do aparecimento da doença. Fazer as
reaplicações em intervalos de 10 a 15 dias ou
seguir a recomendação de manejo preconizado
para controle destes alvos na região. Utilizar a
maior dose e o menor intervalo quando
ocorrerem condições mais favoráveis para da
doença. Realizar no máximo 3 aplicações
durante o ciclo da cultura.
TomateMancha-de-alternaria ou
pinta-preta
(Alternaria solani)
1,5 a 2,0 kg/ha600 L/haIniciar as aplicações preventivamente no início
do florescimento, aproximadamente 30 dias
após a emergência, reaplicando em intervalos
de 7 dias. Utilizar a maior dose em condições
muito favoráveis ao desenvolvimento da
doença. Alternar a aplicação com fungicidas de
outros grupos químicos. Realizar no máximo 6
aplicações durante o ciclo da cultura.
TrigoHelmintosporiose ou
mancha-marrom
(Bipolaris sorokiniana)
1,5 a 2,0 kg/ha100-300 L/haRealizar as aplicações preventivamente, nos
primeiros sintomas da doença, reaplicando em
intervalos de 10 dias. Utilizar a maior dose em
condições muito favoráveis ao desenvolvimento
da doença. Realizar no máximo 3 aplicações
durante o ciclo da cultura.

Atenção

Este produto é perigoso à saúde humana, animal e ao meio ambiente. Leia atentamente e siga rigorosamente as instruções contidas no rótulo, na bula e na receita. Utilize sempre equipamentos de proteção individual. Nunca permita a utilização do produto por menores de idade.
Consulte sempre um Engenheiro Agrônomo.
Venda sob receituário agronômico.